Dicas para quem for fazer Captação

Uma das etapas mais difícil para quem está começando na área de projetos culturais, sejam eles incentivados ou não, é a captação. Muitas vezes projetos muito bons não conseguem recursos porque a parte de captação não foi bem executada. A captação bem feita é essencial para que o projeto avance.

A parte principal da captação é a comunicação. A comunicação é que vai definir o sucesso da empreitada ou não. e quando pesamos em comunicação devemos pensar na questão mais básica mesmo, a questão do Emissor, Receptor, Canal, Código e Mensagem. Também é função de quem prepara o projeto fazer com que ele seja compreendido facilmente porque quem o recebe. Os ocupantes de cargos decisórios em empresas e instituições podem não estar tão familiarizados com o ambiente cultural, o que pode dificultar a interlocução se essa comunicação não for tão bem pensada.

Hoje temos uma grande numero de canais de comunicação com a velocidade de informação cada vez mais rápida, assim devemos ficar atentos a alguns passos que nos ajudam na dinâmica da captação.

Primeiro hoje, com a quantidade de possibilidades de buscar informações na internet, se tornou uma obrigação estar o máximo informado sobre quem se pretende procurar. Isso pode ser um facilitador, pois permite buscarmos que melhor se enquadre no perfil do projeto. Porem o trabalho com certeza aumenta, pois a busca da informações deve ser a mais completa possível.

Segundo, complementando a ideia anterior, sempre busque os canais de comunicação da empresa dispõe. Dadas as redes sociais e formas de busca se tornou simples encontrar e fazer contatos com os responsáveis da empresa, porem essa abordagem pode fazer todo seu projeto naufragar. Por isso, ainda que o caminho percorrido seja aparentemente maior, opte pelos canais oficias.

Terceiro faça uma prestação de contas precisa e objetiva. Essa dica é pode parecer desnecessária para o momento de captação, mas antes mesmo de começar essa captação já tenha o demonstrativo dessa prestação no seu projeto. Coloque nela todos os dados concretos que o projeto gerou (ou ira gerar), assim como o retorno ao patrocinador. Não esqueça de prever clippings e relatórios de desempenho ainda que eles sejam apresentados somente no fim da execução. Uma prestação bem feita pode ser a garantia de um novo projeto.

Esperamos com essas pequenas dicas ajudar de alguma forma no seu projeto.

Ficou com alguma duvida ou gostaria de saber mais? Entre em contato conosco.

Esse post foi publicado em Gestão & Marketing Cultural, roaunet gestão marketing captação recursos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s